A arquiteta Andrea Cruz traz dicas para te tirar do padrão na hora de escolher texturas e repaginar os seus ambientes.

 

 

ANDREA CRUZ

“Costumo dizer aos estudantes de Arquitetura que não basta sair da escola para ser um bom profissional. O sujeito tem de se abrir para o mundo e não ficar atrás da visão dos especialistas”. Essa frase de Oscar Niemeyer, um dos maiores ícones da Arquitetura no Brasil e no mundo, define bem a arquiteta Andrea Cruz. Natural de Nossa Senhora da Glória, Andrea é uma arquiteta à frente do seu tempo.

Entre outras coisas, ela foi pioneira no difícil, e ainda em construção, processo de descentralização da Arquitetura e da Decoração no Estado de Sergipe.
Aos 33 anos, ela apresenta um trabalho cada vez mais maduro e consolidado, com projetos que priorizam os anseios e gostos do cliente. “Acredito que esse seja um diferencial, pois entendo que o ambiente é destinado ao bem-estar da família e não só à minha realização profissional”, justifica Andrea Cruz. Ela é autora de diversos projetos em Glória. Mas não só na cidade. “Hoje, temos clientes em diversos municípios e também em Aracaju, onde estamos atuando cada vez mais”, ressalta.

Além de priorizar esses anseios do cliente, Andrea é daquelas profissionais antenadas, que não perdem a oportunidade de participar de feiras, mostras e eventos da área. “Com o mercado mais competitivo, é fundamental acompanhar as novidades do segmento”, acredita. Hoje, Andrea coleciona projetos em diversas áreas – residenciais, comerciais, de ambientação e até industriais. “Gosto de atuar em segmentos diferentes. Para um arquiteto, é muito importante poder transitar pelos diversos desafios que se apresentam, pois hoje a área é multifacetada”, opina.

Neste site, ela expõe um pouco do que cria e executa, junto à sua equipe, sempre pensando em traduzir nos projetos os detalhes dos sonhos dos clientes. Fique à vontade para acessar e curtir cada pedacinho deste espaço.

 


#arquitetos#arquitetosdearacaju